Logotipo do Museu do Imigrante

Arte sacra - 02/09 - Por Museu do Imigrante

Altar de madeira com imagem da Nossa Senhora de Częstochowa

A imagem é retangular e impressa em tinta colorida. Está fixa ao altar por meio de uma fita colada no seu entorno.

A fita é de organza azul e transparece as manchas da cola.

A imagem consiste em Nossa Senhora segurando o Menino Jesus.

A Nossa Senhora possui um manto azul marinho, com bainha na cor ocre. Aparecem algumas partes internas do manto, na cor amarela. Sua pele é negra e sua face direita possui duas cicatrizes. Seus olhos são castanhos e direcionados fixamente para o espectador. Ela segura o menino Jesus no braço esquerdo, enquanto aponta para ele com a mão direita, configurando-se como um ícone do tipo “Hodegétria” (imagem na qual Nossa Senhora indica o Menino Jesus como o Caminho)

O menino possui cabelos curtos e escuros, pele negra e olha em direção à Nossa Senhora. Sua mão direita está na posição de benção (três dedos erguidos, unidos, indicando sinal da cruz) ao espectador, enquanto a mão esquerda segura as Sagradas Escrituras. Ele usa uma túnica branca com bainha na cor ocre.

Ambos possuem coroas em cor ocre, cravejadas com pedras azuis, douradas e prateadas. Também possuem halos no entorno das cabeças.

Os halos também são em cor ocre e rodeados por estrelas.

Na parte inferior da imagem, em letras pequenas, de cor escura, há as inscrições:

-MATKA BOSKA CZĘSTOCHOWA (traduzido do polonês como Nossa Senhora de Częstochowa);

- MATER |papel rasgado|TORIS (provavelmente seja “mater majestoris”, traduzido do latim como Mãe Majestosa);

- IMPRIMI PERMITTITUR. ORDINARIATUS EPISCOPALIS LIMBURGENSIS (traduzido do latim como Impressão permitida pela Ordem Episcopal Limburguesa).

O altar é adornado com rosas de papel crepom na cor branca, rosa e azul, colocadas na sua base.

A parte superior do altar possui três cruzes esculpidas.

O altar possui duas entradas frontais e duas traseiras para colocação de hastes horizontais, podendo ser usado como andor em procissões.


Altura:106cm
Comprimento: 78,2 cm
Largura:17cm


Também conhecida como Nossa Senhora do Monte Claro ou Madona Negra, é a padroeira da Polônia.

As lendas sobre sua origem divergem nos detalhes, mas remontam a uma pintura que teria sido feita por São Lucas sobre uma mesa de cedro, representando a Virgem Maria. Algumas das variações dizem que a própria Virgem Maria posou para o apóstolo enquanto contava para ele sobre a vida de Jesus Cristo; ou que ele fez o retrato após realizar visitas à Sagrada Família; ou então que ele fez a pintura na mesa da casa da própria Sagrada Família.

No século IV a pintura teria sido descoberta por Santa Helena em viagem à Jerusalém, que a deu de presente para seu filho Constantino o Grande.

Por volta do século X o ícone teria ido parar na cidade de Belz, na Rutênia. Para protegê-la de ataques de hordas pagãs, em 1382 o Duque de Opole, Ladislau, a confiou aos monges paulinos de Jasna Gora, onde foi posteriormente construído um Mosteiro.

De acordo com os registros do Mosteiro, em 1430, o espaço foi invadido por saqueadores, que vandalizaram a imagem, deixando cicatrizes no rosto e pescoço da Virgem. Foram realizadas tentativas de restauro mal sucedidas, a pintura inclusive foi refeita, mas decidiu-se por manter as marcas.

Ao longo de toda sua história milagres foram remetidos à santa, o que ocasionou na sua coroação em 1925, como Rainha da Polônia, pelo Papa Pio XI.

As teorias sobre o nome Madona Negra também divergem: a pintura original seria no tom oliva escuro; a pintura escureceu devido à fuligem de incêndios ou de velas queimadas; ou deve-se ao tom da madeira sobre a qual foi pintada.

A sua veneração no sul do Brasil foi trazida pelos imigrantes poloneses, que começaram a chegar ao Brasil entre os anos de 1886 e 1894.

web.archive.org/web/20080126124229/

www.ukraine-observer.com/articles/217/814

www.polamjournal.com/Library/APHistory/blackmadonna/blackmadonna.html

jasnagora.pl/en/about-sanctuary/miracolous-icon-of-our-lady/

www.redalyc.org/jatsRepo/1171/117144234006/html/index.html#:~:text=Entretanto%20segundo%2C%20Gluchowski%20(2005),n%C3%BAcleos%20em%20todo%20o%20Estado

Confira as imagens abaixo

  • Altar de madeira com imagem da Nossa Senhora de Częstochowa ao centro.

Explore mais

  • quadro antigos

    até no Museu do Imigrante

    Clique para ver mais sobre essa exposição.
  • Penico

    Quarto

    até no Museu do Imigrante

    Clique para ver mais sobre essa exposição. penico branco